PROJETOS
NACIONAIS E
INTERNACIONAIS

ArboControl – Arbovírus dengue, zika e chikungunya compartilham o mesmo inseto vetor: o mosquito Aedes aegypti – moléculas do Brasil e do mundo para o controle, novas tecnologias em saúde e gestão da informação, educação e comunicação

O projeto busca apresentar alternativas que sejam viáveis, eficazes em longo prazo e ambientalmente sustentáveis para o controle do Aedes aegypti em todas as suas formas de vida. Prevê ainda o estímulo ao uso de evidências científicas nas ações de educação, informação e comunicação para a promoção da saúde, objetivando a avaliação das estratégias de comunicação do Ministério da Saúde no controle do vetor Aedes aegypti e das arboviroses dengue, zika e chikungunya.

Trata-se de um convênio entre o Fundo Nacional de Saúde e a Universidade de Brasília para execução das ações de interesse, por meio dos Termos de Execução Descentralizada (TED) 74/2016 e 42/2017.

Rede BRASIL de Gestão da Informação e Tradução do Conhecimento em Saúde

 

A Rede Brasil de Gestão da Informação e Tradução do Conhecimento é composta por representação nacional de Instituições de Ensino Superior (IES) das cinco regiões brasileiras, situadas não somente nas capitais do país, mas também em municípios onde estão instaladas unidades avançadas, polos ou campi das Universidades aqui envolvidas. Tem por objetivo propor melhorias e inovações às ações de informação, educação e comunicação em vários setores do Estado e da sociedade civil organizada, para traduzir o conhecimento à comunidade acadêmica, à população e gestores do Sistema Único de Saúde (SUS), de modo a contribuir nas tomadas de decisões.

A partir de suas ações integradas, a Rede Brasil permitirá ainda: Realizar diagnósticos loco regionais no que tange a perfis epidemiológicos, sanitários e sócio culturais; Mapear as lideranças loco regionais; Mobilizar e sensibilizar as lideranças e parcerias loco regionais ao desenvolvimento das ações; Identificar as potencialidades e lacunas temáticas loco regionais quanto à prevenção das arboviroses DZC; Estimular o protagonismo loco regional na produção de conteúdo à prevenção das arboviroses DZC; Promover a educação midiática, respeitando os princípios da qualidade da informação em saúde; Reconhecer os saberes loco regionais; Divulgar e socializar a produção loco regional em suas mídias individuais e/ou institucionais; Monitorar o progresso e alcance das ações; e, sobretudo, contribuir nos processos formativos à promoção da Ciência Cidadã.

Comunicação Promotora de Saúde: estratégias de enfrentamento de epidemias de ISTs, HIV/AIDS e hepatites virais em população jovem – CNPq

 

É um projeto nacional realizado pela Universidade de Brasília (UnB), com a participação da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Instituto Federal da Paraíba Campus Sousa (IFPB), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e Universidade Estadual Paulista (UNESP), com financiamento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).
A pesquisa tem como objetivo Analisar a qualidade e adequação das estratégias educativas e comunicacionais voltadas a prevenção das ISTs, HIV/Aids e hepatites virais dirigidas a população jovem brasileira nos últimos 10 anos (2010 – 2019).

30 anos do Programa Agentes Comunitários de Saúde

Esta pesquisa tem por finalidade identificar e mapear o perfil dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e dos Agentes de Combate a Endemias (ACE), bem como o escopo de atuação e as potencialidades e/ou desafios pertinentes à profissão destes, balizada pelos atributos definidos nos marcos legais e por suas práticas cotidianas no âmbito do SUS.

A ação dos ACS e dos ACE é um composto de diferentes competências, alcançadas ao longo de sua formação e experiência.

Práticas de Enfermagem no Contexto da Atenção Primária à Saúde

Este projeto visa a estudar as Práticas Avançadas em Enfermagem (EPA) ampliadas na Atenção Primária à Saúde (APS) no Brasil. Para isso, considera a complexidade dos processos de trabalho, a autonomia nas relações de vínculos institucionais, os aspectos formativos e educativos, os contextos e características organizacionais e as relacionadas potencialidades, limitações e significados quanto à ampliação dessas práticas no âmbito do SUS. O projeto é financiado pelo Conselho Federal de Enfermagem.

Estudos Comparados

O projeto Estudos Comparados consiste em um conjunto de pesquisas iniciadas em 2008, no âmbito das investigações realizadas pelo Núcleo de Estudos em Saúde Pública do Centro de Estudos Multidisciplinares da Universidade de Brasília (NESP/CEAM/UnB). Seu objetivo é analisar práticas de promoção da saúde desenvolvidas por equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF), comparando casos brasileiros e estratégias similares em outros países a fim de assinalar caminhos para a superação de desafios na Atenção Primária.

Além do Brasil, o projeto já desenvolveu ou desenvolve investigações sobre o sistema de saúde dos seguintes países: Argentina, Austrália, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Espanha, Inglaterra, México, Peru, Portugal, República Dominicana e Venezuela.

PROJETOS
DE INICIAÇÃO
CIENTÍFICA

Comunicação Promotora de Saúde: estratégias de enfrentamento de epidemias de ISTs, HIV/AIDS e hepatites virais em população jovem

Atenção Primária à Saúde (APS): análises das práticas de Enfermagem no contexto do Distrito Federal e da Região Centro-Oeste

Ações de Educação, Informação e Comunicação em Saúde junto aos Profissionais e Usuários do Hospital Universitário de Brasília: saber ouvir para agir, com cuidado

Arbovírus Dengue, Zika e Chikungunya Compartilham o Mesmo Inseto Vetor: promoção da saúde, combate aos vetores e tradução do conhecimento

Um Estudo Multicêntrico sobre os Perfis Socioeconômicos, Geográficos, Culturais e de Vulnerabilidades de Travestis e Transexuais

Compreendendo as Práticas de Compartilhamento de Notícias Falsas no Curso da Pandemia de Covid-19

Desinformação em Tempos da Pandemia da COVID-19: rumores, estresse, medo e estigma, os desafios à restituição da verdade

Arbovírus Dengue, Zika e Chikungunya Compartilham o Mesmo Inseto Vetor: o mosquito Aedes aegypti – controle do vetor empregando PICs

Criação de Repositório para Produção Científica do Seminário Hispano-Brasileiro: estudos da ferramenta no conceito de software livre – OMEKA

A Comunicação do Agente Comunitário de Saúde e o Enfrentamento da Desinformação durante a Pandemia

Violência, Condições de Saúde e Uso do Serviço de Saúde por Mulheres Idosas Moradoras da Área de Abrangência das Equipes da Estratégia Saúde da Família no Distrito Federal

Práticas para o Controle de Vetores de Dengue, Zika e Chikungunya em Escolas

Ciência Cidadã no Contexto da Covid-19

PROJETOS
DE EXTENÇÃO

Curso Online: Estratégias de Empoderamento de Adolescentes e Jovens em Situação de Vulnerabilidade Social – Curso JAVU

Projeto Escola Cidadã

Projeto Escola de Verão

Curso: ArboControl nas Escolas – gestão da informação, educação e comunicação no controle das arboviroses dengue, zika e chikungunya

+55 61 31071820

                    Visite nossas redes sociais

ecos@unb.br
Campus Darcy Ribeiro – Gleba FS/FM
Sala CT 77/12, Asa Norte
70.910-900 | Brasília/DF – Brasil

+55 61 31071820

ecos@unb.br Campus Darcy Ribeiro – Gleba FS/FM Sala CT 77/12, Asa Norte 70.910-900 | Brasília/DF – Brasil

                    Visite nossas redes sociais